Arquivo de etiquetas: carlos gonçalves

Barquinha: Carlos Gonçalves deixa Bombeiros com “sentimento de dever cumprido” mas também alguma “mágoa”

_DSC1862

Carlos Gonçalves é desde o início de Fevereiro o novo comandante dos bombeiros municipais de Tomar depois de 24 anos como comandante dos voluntários de Vila Nova da Barquinha. Sai com mágoa mas muita motivação para o novo desafio

Deixa a corporação de VN Barquinha com o sentimento de dever cumprido mas gostaria de ter tido a oportunidade de preparar as comemorações dos seus 90 anos. Em mãos tem uma “proposta profissional aliciante” mas leva mágoa pelo modo como foi tratado ao fim de 24 anos de serviço como comandante, numa carreira que começou antes, quando entrou como cadete.

Carlos Gonçalves, que também foi recentemente eleito para um segundo mandato como presidente da Federação Distrital de Bombeiros, admite que “fazer uma interrupção na minha vida profissional aqui na Câmara (VN Barquinha) deixa-me algum peso significativo e emocional”, mas sai com o sentimento “de dever cumprido, com toda a consciência deixo uma instituição com um património do qual muita da responsabilidade é minha e não abdico de assumir, deixo um activo financeiro muito interessante”, na ordem dos 300 mil euros.

A mágoa, contou ao NA o novo comandante dos Bombeiros Municipais de Tomar, não é relativa ao geral, mas sim de um passado recente, nomeadamente os últimos três anos, “não fui reconhecido pela entidade detentora, pelos bombeiros, que não me tratou com a consideração que eu acho que mereço. Também é um peso que eu acho que me leva a tomar algumas decisões, mas a parte profissional, o projecto que me foi colocado, pesa bastante na decisão”.

Instado a detalhar os motivos das suas palavras, Carlos Gonçalves não se quis alongar. No entanto, apesar de relutante, deixou escapar que “o último mandato da direcção que cessou não me tratou com o devido respeito e mais não posso dizer”.

Fazendo uma retrospectiva do seu trabalho em VN Barquinha, Carlos Gonçalves contou que nunca teve necessidade de se pôr em biscos dos pés mas perante os recentes acontecimentos disse que ”sendo eu o comandante nunca me senti proprietário de nada”, “exceptuando um período ou outro de férias, todas as noites eu passei pelo quartel, todos os sábados, todos os domingos”, e afirma que “mesmo nos últimos três anos sofrendo eu na pele algum tratamento menos correctos, não houve da minha parte uma lamúria que tivesse extravasado os portões do quartel de bombeiros”.

Para já, é o seu ex-adjunto, Jorge Gama, que vai assumir as funções de comandante, “não sei se será ele a assumir o lugar de comandante no futuro ou se será outra pessoa”, mas a direcção fica bem entregue, “o tenente-coronel António Ribeiro parece-me uma pessoa extremamente competente e isso deixa-me feliz, é uma pessoa coerente, com uma postura antagónica à pessoa que ele foi substituir e que tem todas as premissas para se conseguir fazer um bom trabalho”, antevê.

 “Eu e o Major Júlio Gomes, que foi presidente da direcção durante 19 anos e da Liga dos Bombeiros, fomos as pessoas na história desta direcção que mais alto chegaram na estrutura hierárquica dos bombeiros portugueses”, afirma Gonçalves perante a injustiça que sente mas olhando o presente diz que  “o meu trabalho vê-se recompensado com esta confiança que a Câmara Municipal de Tomar deposita em mim”.

Em Tomar vai ter um “corpo de bombeiros mais profissional, que está na dependência directa da Câmara Municipal, portanto é um serviço municipal, e vou passar a chefe de divisão. Também aqui diria que o meu desafio é profissional”, diz Gonçalves que era há muitos anos técnico superior na câmara de VN Barquinha.

A Câmara Municipal de Tomar, na sua reunião de 19 de Janeiro, deliberou por unanimidade a constituição do novo comando dos seus Bombeiros Municipais e Carlos Gonçalves terá como 2.º Comandante Vítor Manuel Tendeiro Tarana, e como Adjuntos de comando Vítor Manuel Pereira Bastos, Carlos António Duque Rodrigues e Paulo Alexandre Pereira de Freitas.

TEXTO&FOTO: Ricardo Alves

Carlos Gonçalves confirmado como novo comandante dos Bombeiros de Tomar

A Câmara Municipal de Tomar, na sua reunião de 19 de Janeiro, deliberou por unanimidade a constituição do novo comando dos Bombeiros Municipais de Tomar e cujo comandante passa a ser Carlos Alberto Ribeiro Gonçalves, que desempenhava as mesmas funções nos Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha.

Da deliberação saíram os restantes membros: 2.º Comandante – Vítor Manuel Tendeiro Tarana, Adjuntos de comando – Vítor Manuel Pereira Bastos, Carlos António Duque Rodrigues e Paulo Alexandre Pereira de Freitas

O novo comando dos Bombeiros vai entrar em funções no dia 1 de Fevereiro.

895_Bombeiros de Óbidos - Foto Arquivo CMO
Foto: DR