VN Barquinha: Festa Templária estreia-se em Junho com Almourol a assistir

pt-Castelo-do-Almourol-_en-Almourol-castle-_es-Castillo-de-Almourol-_fr-Chateau-du-Almourol.jpg

O município de Vila Nova da Barquinha, em parceria com a ADIRN (Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Norte) vão organizar a primeira Festa Templária do concelho nos dias 25 e 26 de Junho. O evento vai realizar-se junto ao Castelo de Almourol, no anfiteatro, e algumas actividades irão igualmente realizar-se na ilha de Almourol.

Esta quinta feira, dia 28 de Abril, a organização convocou associações e artesãos do concelho de Vila Nova da Barquinha para se deslocarem ao Centro Cultural e ficarem a conhecer mais pormenores sobre o evento. Ricardo Honório, Vereador na Câmara Municipal, e Jorge Rodrigues, coordenador da ADIRN, fizeram as honras.

Valorizar o Castelo

A primeira Festa Templária vai recriar o Séc XII e contará com um programa repleto de encenações e recriações da época. Assim, os visitantes poderão assistir ao já tradicional cortejo, danças, esgrima, música e petiscos medievais, tudo isto com o Castelo de Almourol a dar cor e intensidade ao evento. Haverá lugar, também, a um espectáculo de fogo, “A Lenda da Moura”.

Mas não é só no Castelo de Almourol e suas imediações que o evento se fará sentir. Ricardo Honório explicou que os restaurantes do concelho terão “nas suas ementas alguns pratos alusivos à época bem como alguma decoração”. O vereador disse ainda que um dos grandes objectivos do evento é valorizar turisticamente o concelho e que conta “ter as unidades hoteleiras cheias durante os dois dias de festa”.

20160428_214941.jpg

Apelo aos barquinhenses

Jorge Rodrigues salientou a experiência da ADIRN na organização destes eventos de recriação histórica, caso, por exemplo, da Festa Templária de Tomar, e apelou à participação das associações e artesãos na criação da atmosfera medieval. O coordenador da ADIRN contou que até ao evento irão realizar-se várias formações e ensaios aos quais os interessados em participar na Festa poderão aceder. “São precisos figurantes locais e temos dois meses para preparar as roupas, adereços e realizar os ensaios”.

No anfiteatro junto ao castelo, que serve de estacionamento de forma regular, serão instalados 50 stands. Já na ilha de Almourol estará instalado um acampamento templário com bancas de ofícios tradicionais e um palco para o espectáculo de sábado à noite (dia 25). O acesso à ilha será feito da forma normal, ou seja, de barco, estando prevista a colaboração militar para responder ao maior fluxo de visitantes durante o evento.

O interessados em participar no evento, que é a primeira vez que é realizado em Vila Nova da Barquinha, poderão aceder ao site do município ou ao site www.festatemplaria.pt, nos quais poderão aceder ao regulamento do evento bem como às fichas de inscrição e outras informações. Em “ano zero” da Festa Templária de Almourol, o município informou que os stands e bancas disponíveis serão cedidos de forma gratuita aos artesão e artesãs bem como às associações que queiram participar.

Ricardo Alves

 

 

 

Anúncios

Festival BONS SONS’16: Ainda há bilhetes a preço reduzido para um dos melhores festivais de Portugal

O Festival Bons Sons realiza-se de 12 a 15 Agosto e os passes para os quatro dias a apenas 25 euros ainda se encontram disponíveis mas por pouco tempo, apenas até ao final de Abril. A edição de 2016 do Bons Sons, cujo epicentro é na aldeia de Cem Soldos, Tomar, promete ser uma das mais concorridas de sempre. Em 2015 mais de 40 mil pessoas viveram a aldeia.

A caneca de alumínio do BONS SONS estará incluída nos preços de MAIO/JUNHO (32€) e JULHO/AGOSTO (38€). “Um contributo para reduzir a produção de resíduos e fortalecer a consciência ecológica do festival.”

13043381_10154804979064517_7264560408788203670_n.png

VN Barquinha: De fábrica em escombros a condomínio de luxo

4448012_1x

O empreendimento em condomínio fechado que se encontra em construção e Moita do Norte, Vila Nova da Barquinha, é a nova face de um local histórico do concelho, a antiga fábrica de cerâmica. Segundo as fotos (virtuais) que se encontram disponíveis num site de venda de imóveis, consegue vislumbrar-se a reutilização dos fornos da antiga fábrica para servir de painel de electrodomésticos nas cozinhas das moradias.

Num dos imóveis à venda pode ler-se “Moradia T3 isolada de r/ch e 1º andar com logradouro, equipamento; paredes exteriores a forra cerâmica e capoto, paredes interiores revestidas a estuque, tetos falsos em pladur com isolamento e iluminação embutida do tipo LED; revestimento em mosaico nas casa de banho e cozinhas; pavimentos em mosaico nas zonas húmidas e flutuante nos quartos; loiça sanitária suspensa da Roca e torneiras da Grohe; janelas e caixilharias em alumínio com corte térmico e estores elétricos; pré instalação de ar condicionado; cozinhas equipadas; AQS com painel solar com termossifão”.

A antiga fábrica ganha nova vida.

Região: A23 com valores reduzidos em portagens a partir do verão

portagens_000.jpg

O Governo assegurou nesta terça-feira que a redução do valor das portagens no Interior vai concretizar-se no Verão. Segundo avança esta manhã o jornal “Público”, numa audição no Parlamento, o ministro do Planeamento e das Infra-Estruturas garantiu que a decisão aguarda apenas pela renegociação com a concessionária da A23.

“Estamos em condições de avançar” com a redução, começou por afirmar Pedro Marques no Parlamento. O governante explicou que há um caso em particular, o da A23, em que ainda será necessário reajustar o actual modelo de PPP, que depois das alterações negociadas pelo anterior executivo, transferiu as receitas de portagem para o concessionário privado.

“Temos agora de iniciar a renegociação, o que acontecerá a partir do mês de Maio”, referiu o ministro. Uma vez concluído este processo, que Pedro Marques admitiu ter “custos associados”, o Governo avançará com a revisão dos preços das portagens no Interior. A intenção é “durante o Verão concretizar a redução, favorecendo a mobilidade no Interior”, especificou.

VN Barquinha: 25 de Abril com calor e muita animação

cartaz_com_25abril

As celebrações do 25 de Abril em Vila Nova da Barquinha vão oferecer desporto, música, animação e as tradicionais cerimónias oficiais. Consulte o programa para um dia que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê temperaturas de 26 graus de máxima e com o sol a espreitar por entre poucas nuvens.

25 abril_VNB

25 de Abril (segunda feira)

09h00 | Praça da República Hastear da Bandeira seguido de concerto pela Banda de Música dos Bombeiros Voluntários Barquinha 09h30 | Parque Ribeirinho Corrida da Liberdade 10h00 – 12h00 | Parque Ribeirinho Workshop de Canoagem (Clube Náutico Barquinhense) 14h00 – 19h00 | Parque Ribeirinho Insufláveis + Ateliers infantis (Cravos de papel / Espaço dos Adereços e Pinturas Faciais / Ateliê grupo Arregaita 16h00 | Igreja Matriz de Vila Nova da Barquinha Grupo Coral de Tancos 17h00 | Auditório do Centro Cultural Grupo Barquinha Saudosa Entrada livre Promotor: Município de Vila Nova da Barquinha sensorial) 15h00 | Auditório do Centro Cultural Arruada seguida de Concerto Musical – Músicas de intervenção pelo grupo Arregaita 16h00 | Igreja Matriz de Vila Nova da Barquinha Grupo Coral de Tancos 17h00 | Auditório do Centro Cultural Grupo Barquinha Saudosa
Entrada livre
Promotor: Município de Vila Nova da Barquinha