VN Barquinha: Francis Obikwelu fez as delícias de miúdos e graúdos

IMG_1639

Francis Obikwelu abriu da melhor maneira a primeira edição da Vila da Saúde, organização do Agrupamento de Escola de Vila Nova da Barquinha, que decorreu nos dias 29 e 30 de junho. O atleta medalhado olímpico (prata) e ainda recordista europeu dos 100 metros (9.86s) deslocou-se à Escola D. Maria II a convite da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Jardim de Infância de Moita do Norte, criando uma onda de euforia entre os presentes, desde os mais jovens aos mais velhos.
Perante um auditório a rebentar pelas costuras, o atleta de origem nigeriana naturalizado português, deixou uma mensagem de humildade e valorização do essencial nas vidas dos jovens. Francis tem uma história de vida incrível. Pouco tempo antes de se sagrar campeão da Europa, recordista da Europa, e ter alcançado as vitórias internacionais mais diversas de leão e quinas ao peito, Francis Obikwelu chegou a trabalhar na construção civil para sobreviver em Portugal.
Com 15 anos, em 1994, o atleta do Sporting Clube de Portugal, veio a Portugal para participar no Mundial de Juniores de Lisboa, onde correu os 400m e integrou as equipas da Nigéria nas estafetas dos 4x100m e dos 4x400m, tendo nesta última chegado à Final. Após as competições, Francis afastou-se da comitiva nigeriana e, juntamente com outros dois colegas de equipa, decidiu ficar em Portugal. Chegou mesmo a trabalhar na construção civil no Algarve.
Foi então que Francis, hoje com 36 anos, foi reconhecido por uma professora que passava junto ao local de construção. Começou a ter aulas de português numa altura em que Sporting e Benfica já haviam recusado contratá-lo, justificando com o litígio do atleta com o seu país de origem. Foi o Belenenses que lhe abriu as portas do atletismo em Portugal. Desde então é o que se sabe, quatro títulos e uma medalha de prata em europeus, e vice-campeão olímpico dos 100 metros.

IMG_1699

“A crise que se vive em Portugal, não é crise. Crise é outra coisa”, disse Francis aos jovens de VNB, “têm aqui uma escola excelente, valorizem-na, sejam quem vocês sonham, esforcem-se pelos vossos objetivos, e nunca esqueçam a vossa família porque é ela que vos dá tudo”. Ninguém tomou nota mas ninguém se vai esquecer.
Após a palestra, Francis Obikwelu posou para centenas de fotos, deu autógrafos e visitou a Vila da Saúde. Mais tarde haveria de visitar o Castelo de Almourol juntamente com Ricardo Alves, editor do Jornal Novo Almourol – parceiro da iniciativa – Ricardo Honório, vereador na Câmara Municipal de VNB, que apoiou a iniciativa e do representante da comunicação da autarquia, Pérsio Basso, que fez visita guiada à história de Almourol. A terminar a visita, Francis ainda visitou o Parque de Esculturas e deliciou-se com a comida africana do restaurante Recanto da Barquinha. Prometeu voltar.
Texto NA
Fotos Pérsio Basso

IMG_1713

IMG_1717

IMG_1726

IMG_1702

IMG_1665

IMG_1651

IMG_1732

IMG_1639